A vitória da terceira idade no Oscar da pandemia

Por Waldemar Lopes

O Oscar 2021 teve um início promissor com a entrada triunfal de Regina King evocando Onze Homens e um Segredo e, pela primeira vez, mostrando os créditos com os nomes dos apresentadores. Infelizmente, a partir do In Memorian, as coisas começaram a desandar, com decisões equivocadas.

A cerimônia procurou mostrar um ar mais intimista com os indicados sentados à mesa, como em 1929, quando a premiação dos doze vencedores foi feita em doze minutos durante um banquete.

Inovou começando com os Oscars de roteiro, premiando Emerald Fennel (Bela Vingança) que tinha três indicações, inclusive pela melhor direção e filme, e Florian Zeller (Meu Pai).

As canções originais foram apresentadas antes do show e a vencedora foi Fight For You, de Judas e o Messias Negro. Que pena que nem Laura Pausini, com a sua Io Si de Rosa e Momo, nem Leslie Odom Jr, com Speak Now de Uma Noite em Miami, levaram a estatueta.

O belo O Som do Silêncio possibilitou a presença de Marlee Matlin, vencedora do Oscar de atriz e deficiente auditiva, como apresentadora. O longa levou as estatuetas de som e edição.

Com o maior número de indicações (10) Mank, impecável na parte técnica, ganhou design de produção e cinematografia.

A Voz Suprema do Blues marcou presença com merecidos dois Oscars. O primeiro, o de cabelo e maquiagem, fez de Sergio Lopez-Rivera, Mia Neal, Jamika Wilson os primeiros maquiadores negros a serem premiados pela Academia. Ann Roth, aos 89 anos, tornou-se a mulher mais idosa vencedora da premiação, com os seus irretocáveis figurinos.

Infelizmente, a fantástica Viola Davis, que deu um show de interpretação, não levou o prêmio de melhor atriz. Este ficou com Frances McDormand pelo incrível longa Nomadland, o favorito da noite.

Foi aí que surgiram os problemas. O anúncio de melhor filme foi antecipado, o que resultou num anticlímax.  A cineasta chinesa, Chloé Zhao, já havia feito história sendo premiada em direção e Frances surpreendeu ao ganhar seu terceiro Oscar de melhor atriz. Ela surgiu com seu característico look anti-estrela – despenteada, sem maquiagem, sem joias e um vestido tipo hábito.

A cerimônia terminou com Joaquin Phoenix anunciando o Oscar de melhor ator para Anthony Hopkins por Meu Pai. Só que era esperada a vitória póstuma de Chadwick Boseman por A Voz Suprema do Blues. A escolha dessa premiação no final indicava que o diretor do show Steven Soderbergh e sua equipe realmente acreditavam na vitória dele. A ausência do brilhante Anthony Hopkins deixou Joaquin sem ter muito o que fazer a não ser encerrar a cerimônia abruptamente.

Com as dificuldades de um ano de pandemia, o Oscar 2021 teve seus acertos, como os prêmios para o genial filme internacional Druk: Mais Uma Rodada, do talentoso Thomas Vinterberg, e para o belíssimo documentário Professor Polvo.  Um dos raros momentos realmente felizes e bem-humorados na noite foi por conta da icônica Glenn Close, indicada pela oitava vez. Mesmo perdendo novamente, ela mostrou seu grande espírito esportivo dançando ao som do hit Da Butt.

Os erros incluem o de exibir o In Memorian numa velocidade típica do Flash em que mal dava tempo para ler os nomes. Mas nada superou o final abrupto do show, que frustrou a expectativa de tantos fãs de Chadwick.

Depois disso, Warren Beatty e Faye Dunaway voltaram a dormir sossegados. A confusão de La La Land e Moonlight nem chega perto do triste final desse Oscar 2021…

WALDEMAR LOPES é artista plástico, engenheiro mecânico, professor, cinéfilo. Anualmente realiza em Santos uma palestra beneficente sobre o Oscar, que se tornou tradicional na cidade. Também já realizou encontros sobre cinema para a Universidade Católica de Santos, Universidade Monte Serrat, Secretaria de Cultura de Santos e Rotary. Escreve para o CineZen e o 50 Anos de Cinema. Cedeu seus acervos pessoais para exposições no Santos Film Fest – Festival Internacional de Cinema de Santos sobre Julie Andrews e Sonia Braga, atrizes das quais é o maior especialista no Brasil.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s