Imperdível e de graça! | CARLA 2020 – Brasil marca presença na Conferência Digital Global pela Diversidade e Inclusão no Audiovisual

De sexta-feira, 21 de agosto, até domingo 23, acontece a Conferência Digital Global pela Diversidade e Inclusão no Audiovisual – CARLA 2020. Realizado pela Women in Film & Television International e o Carl International Film Festival, o evento será uma verdadeira maratona imperdível de painéis com profissionais de destaque do audiovisual, das mais variadas áreas do setor, passando pela produção, direção, roteiro, até professoras. O objetivo é promover uma indústria cinematográfica mais inclusiva e diversificada.

A conferência reunirá virtualmente o ecossistema internacional do cinema – profissionais, financiadores, executivos de estúdios, pesquisadores, formuladores e executores de políticas públicas, jornalistas e ativistas – para analisar o contexto da diversidade na indústria cinematográfica e impulsionar futuras iniciativas inovadoras. Ao conectar países de todos os continentes, a CARLA 2020 pretende energizar e inspirar os participantes com a troca sobre estratégias e ferramentas que possam ser aplicadas localmente de modo eficaz. A programação completa pode ser conferida no site https://www.carla2020.se. Está imperdível!

Representado pela WIFT Brasil, nosso país marcará presença com dois encontros sensacionais dia 23 de agosto, às 7h. Os encontros são promovidos respectivamente em parceria com a Associação dos Profissionais do Audiovisual Negro – APAN e a organização + MULHERES, Lideranças no Audiovisual Brasileiro. Os encontros são no mesmo horário, mas ficarão disponíveis para visualização depois do horário. Assim quem assistir um poderá conferir o outro depois.

Olhar Opositor e Decolonial no Brasil

No painel Olhar Opositor e Decolonial no Brasil, Janaína Oliveira, Joyce Prado e Tatiana Carvalho refletirão, por um viés interseccional, sobre as proposições e processos criativos e produtivos no cinema e no audiovisual que se dão apesar e para além da fixação colonial da universalidade, questionando sobre a quem diz respeito a ideia atual e hegemônica de crise.

Janaina Oliveira é pesquisadora sobre cinema negro, no Brasil e na diáspora, doutora em História, curadora e idealizadora do FICINE, Fórum Itinerante de Cinema Negro.

Joyce Prado é produtora, diretora, roteirista, sócia-fundadora da Oxalá Produções e diretora administrativa da Associação de Profissionais do Audiovisual Negro (APAN).

Tatiana Carvalho é realizadora, professora, pesquisadora em Cinema e Audiovisual, coordenadora do projeto PRETANÇA – Afrobrasilidades e Direitos Humanos e conselheira da WIFT Brasil.

Enfrentando a Desigualdade na Indústria do Audiovisual Brasileira

Para traçar um panorama das políticas públicas para o desenvolvimento da indústria audiovisual no Brasil, considerando as questões de gênero e raça e o crescimento de movimentos sociais organizados no enfrentamento da desigualdade, será realizado o painel Enfrentando a Desigualdade na Indústria do Audiovisual Brasileira, com a participação de Debora Ivanov, Krishna Mahon, Maristela Bizarro e Maria Gal.

Débora Ivanov é produtora, advogada, ativista e fundadora da organização +Mulheres, Lideranças no Audiovisual Brasileiro.

Maristela Bizarro é professora de Comunicação, diretora, produtora e cofundadora da WIFT Brasil.

Krishna Mahon é jornalista, criadora e host da Imprensa Mahon, diretora conteúdo dos canais History, A&E, Bio/Lifetime e H2, co-administradora do grupo Mulheres do Audiovisual Brasil, com mais de 20 mil associadas.

Maria Gal é atriz, produtora e diretora. Fundadora da Maria Produtora.

A WIFT Brasil

Nágila Guimarães, presidente da WIFT Brasil.

Trata-se de uma rede mundial que proporciona suporte profissional, oportunidades de networking e reconhecimento para mulheres que trabalham nas mais diversas áreas do audiovisual.

Já somam mais de 13 mil mulheres em 18 países nos cinco continentes por meio da WIFT Internacional.

Presente no Brasil desde 2013, a WIFT Brasil, presidida por Nágila Guimarães, realiza trabalhos objetivando o protagonismo da mulher nas mídias baseadas em telas por meio de projetos como: Elas na TelaMentoria – WIFTSimpósioTamo Junta – WIFT.

A WIFT Brasil é uma sociedade de membros, cujo foco principal será o de dar suporte profissional, oportunidades de networking e reconhecimento para mulheres que trabalhem com cinema e televisão no país.

Sua infraestrutura visa facilitar o intercâmbio de ideias e proporcionar desenvolvimento profissional, capacitação de liderança e treinamento, com o fim de estimular as iniciativas de mulheres na área de cinema e audiovisual no Brasil.

Toda sua programação é baseada em pesquisas que revelarão quais são as necessidades dos membros, a qual será constantemente renovada para cobrir ampla gama de atividades, tais como: criação de roteiros, técnicas de produção / criação de planos de negócios viáveis, estratégias de captação de recursos, financiamento e co-produções nacionais e internacionais. Outras informações em www.wiftbrasil.org.br.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s