KIRK ALYN, o primeiro SUPERMAN de carne e osso do cinema

Por ANDRÉ AZENHA

A Republic Pictures passou perto duas vezes na concepção de uma série live action do herói. Na primeira, por problemas de financiamento, o homem de aço foi substituído por Mysterious Doctor Satan (1940). Na segunda, em 1941, o barco naufragou graças ao editor, que almejava controle absoluto em roteiro e produção, e aos direitos que foram amarrados pela Paramount Pictures em sua série pioneira de animação.

| S Superman dos irmãos Fleischer
| Superman: O Filme

Superman foi crescendo. Virou marca. ícone da América durante a Depressão. Mas os anos se passavam e nada de um ator vestir o uniforme. Até Sam Katzman adquirir os direitos em 1947. Ele tentou vender a ideia à Universal, que não fazia seriados. Correu à Republic Pictures, ela de novo, e a empresa veio com a desculpa de que era impossível levar às telas um herói superpoderoso que voasse, apesar de ter realizado, em 1941, The Adventures of Captain Marvel (As Aventuras do Capitão Marvel). Foi então que a Columbia Pictures aceitou o desafio em 1948.

Kirk Alyn and Noel Neill in Superman (1948)

Quem pensa que foi George Reeves, o Superman do famoso programa de tevê dos anos 50, o primeiro ator a usar o manto azul, se engana. A honra coube a Kirk Alyn (1910-1999), vindo do teatro e que fez pontas em filmes pequenos.

Inacreditavelmente, o ator apareceu de cavanhaque e bigode para o primeiro teste. Egressa dos palcos, e com experiência em rádio e alguns filmes, Noel Neill (1920) foi escalada para viver Lois Lane. E o ex-Little Rascals Tommy Bond (1926-2005) seria Jimmy Olsen.

Nelson Leigh and Luana Walters in Superman (1948)

A trama, dividida em 15 episódios, acompanha a chegada do protagonista ao planeta Terra, o primeiro emprego como repórter no Planeta Diário, o encontro com Lois e Jimmy e sua luta contra, pasmem, a vilã chamada Spider Lady (Senhora Aranha)! O clímax de cada capítulo deixava a brecha para o próximo, obrigando o espectador a voltar à sala de projeção na semana seguinte. Eram os tempos das matinês cinematográficas, quando famílias inteiras, casais e amigos passavam a tarde no cinema para assistir aos cinejornais, curtas, séries e longas.

A obra rendeu elogios da crítica, grande bilheteria, alavancou as carreiras de Kirk Alyn e Noel Neill, porém não foi unanimidade entre os fãs, que reclamaram principalmente das cenas de voo, produzidas em animação.

Como os recursos não eram tantos, os produtores se valiam da criatividade para dar vida à produção. Exemplo? A fantasia de Superman era cinza e marrom, ao invés de azul e vermelha, pois essas cores davam mais efeito na filmagem em preto e branco.

Kirk Alyn, Terry Frost, Don C. Harvey, Noel Neill, Lyle Talbot, and Rusty Wescoatt in Atom Man vs. Superman (1950)
Atom Man vs Superman.

Uma continuação estava garantida e foi lançada dois anos depois. Atom Man vs Superman, também em 15 episódios, mostra o primeiro embate entre o último filho de Krypton e seu maior algoz: Lex Luthor. Quem fez o vilão foi Lyle Talbot (1902-1996), que já havia atuado numa adaptação dos quadrinhos para o cinema: a série Batman, de 1949, quando interpretou o Comissário Gordon.

Após as duas séries, Kirk Alyn e Noel Neil seguiriam trajetórias diferentes. O ator recusou o convite para reviver o personagem na série televisiva dos anos 50, papel que acabou nas mãos de George Reeves.

Em 1974, publicou a autobiografia A Job for Superman (Um trabalho para o Superman). Nunca mais teve destaque na mídia e, em 1982, atuou num curta chamado Superbman: The Other Movie, paródia de Superman: O Filme (1978).

Neill aceitou a proposta e reencarnou a repórter substituindo Phyllis Coates na segunda temporada da série dos anos 50.

Ambos apareceriam rapidamente no clássico de Richard Donner, como os pais da jovem Lois Lane num trem. E a atriz ainda faria rápida participação em Superman, O Retorno (2006), logo no início da trama, como a senhora que deixa sua herança para Lex Luthor.

As duas séries estão disponíveis em DVD no Brasil.

Kirk Alyn and Lyle Talbot in Atom Man vs. Superman (1950)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s